Pular para o conteúdo principal

COLOSSO DE RODES / DEUS SOL

O COLOSSO DE RODES FOI UMA ESTÁTUA DE HÉLIOS(DEUS DO SOL NA MITOLOGIA ROMANA) CONSTRUÍDA ENTRE 292 A.C. E 280 A.C. PELO ESCULTOR CARÉS DE LINDOS.
A ESTÁTUA TINHA TRINTA METROS DE ALTURA, 70 TONELADAS E ERA FEITA DE BRONZE. TORNOU-SE UMA DAS SETE MARAVILHAS DO MUNDO ANTIGO.
JÁ QUE O COLOSSO TINHA UM PÉ APOIADO EM CADA MARGEM DO CANAL QUE DAVA ACESSO AO PORTO, QUALQUER EMBARCAÇÃO QUE CHEGASSE À ILHA GREGA DE RODES, NO EGEU POR VOLTA DE 280 A.C. PASSARIA OBRIGATORIAMENTE SOB AS PERNAS DA ESTÁTUA DE HÉLIOS, PROTETOR DO LUGAR. COM 30 METROS DE ALTURA, TODA DE BRONZE E OCA, A ESTÁTUA COMEÇOU A SER ESCULPIDA EM 292 A.C. PELO ESCULTOR CARÉS, QUE A CONCLUIU DOZE ANOS DEPOIS. NA MÃO DIREITA DA ESTÁTUA HAVIA UM FAROL QUE ORIENTAVA AS EMBARCAÇÕES À NOITE. ERA UMA ESTÁTUA TÃO IMPONENTE QUE UM HOMEM DE ESTATURA NORMAL NÃO CONSEGUIRIA ABRAÇAR SEU POLEGAR.
ruinas do possível local

O POVO DE RODES MANDOU CONSTRUIR O MONUMENTO PARA COMEMORAR A RETIRADA DAS TROPAS DO REI MACEDÓNIO DEMÉTRIO, QUE PROMOVERA UM LONGO CERCO À ILHA NA TENTATIVA DE CONQUISTÁ-LA. DEMÉTRIO ERA FILHO DO GENERAL ANTÍGONO, QUE HERDOU DE ALEXANDRE, UMA PARTE DO IMPÉRIO GREGO. O MATERIAL UTILIZADO NA ESCULTURA FOI OBTIDO DA FUNDIÇÃO DOS ARMAMENTOS QUE OS MACEDÔNIOS ALI ABANDONARAM.
local onde estava o colosso de rodes

A ESTÁTUA FICOU EM PÉ POR APENAS 55 ANOS, QUANDO UM TERREMOTO ATIROU-A PARA O FUNDO DA BAÍA DE RODES, ONDE FICOU ESQUECIDA ATÉ À CHEGADA DOS ÁRABES, NO SÉCULO VII, POIS OS HABITANTES DE RODES NÃO O RECONSTRUÍRAM (ISSO DEVEU-SE AO FATO DE QUE ELES VISITARAM UM ORÁCULO
PRÓXIMO DALI, E ESSE RECOMENDOU-LHES NÃO RECONSTRUÍREM O COLOSSO). OS ÁRABES, ENTÃO, VENDERAM-NA COMO SUCATA. PARA TER-SE UMA IDEIA DO VOLUME DO MATERIAL, FORAM NECESSÁRIOS NOVECENTOS CAMELOS PARA O TRANSPORTAR. AQUELA ESTÁTUA, CONSIDERADA UMA OBRA MARAVILHOSA, LEVOU CARÉS A SUICIDAR-SE LOGO APÓS TÊ-LA TERMINADO, DESGOSTOSO COM O POUCO RECONHECIMENTO PÚBLICO.
RECENTEMENTE, EM 2008, UMA ARQUEÓLOGA ALEMÃ CONTESTOU A LOCALIZAÇÃO DA ESTÁTUA. BASEADA NA FALTA DE EVIDÊNCIAS SUBMERSAS DE FRAGMENTOS DA ESTÁTUA NA REGIÃO DO PORTO, A ARQUEÓLOGA SUPÔS QUE A ESTÁTUA ESTIVESSE TOTALMENTE EM TERRA FIRME, NUMA MONTANHA PRÓXIMA.

fonte - Wikipédia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

Estava numa estrada comprida e reta, cercada de mato em ambos os lados. Nisto veio um bicho em alta velocidade. Alguém gritou para sair da frente, porque o bicho era muito feroz. Então dei um pulo e ele passou rapidamente. Sai correndo atrás do bicho, tão rápido quanto ele ia. Depois o bicho mudou de direção, vindo correndo atrás de mim. Sai correndo velozmente, mas o bicho estava me alcançando. Então pensei que era só voar que ele não me pegaria. Dei um grande salto e sai voando. Nisto vi o bicho passando logo abaixo de mim. Via só a poeira que ele fazia. O bicho mesmo não via. Fiquei pensando que ainda bem que o tal bicho não voava, senão estaria perdido.

OS 5 LOCAIS MAIS BONITOS DA CHAPADA DIAMANTINA

MORRO DO INÁCIO
CACHOEIRA DOS MOSQUITOS
POÇO ENCANTADO
GRUTA PRATINHA
CACHOEIRA DA FUMAÇA

ZIQUINHO, O POLVINHO DIFERENTE

NO FUNDO DE UM MAR BRAVIO, NO PORÃO DE UM NAVIO, QUE NAUFRAGOU POR LÁ.
DONA POLVA ESTÁ CONTENTE, SEU MARIDO IMPACIENTE, POIS SEUS FILHOS VÃO CHEGAR.

NAQUELE MESMO DIA, DURANTE UMA CALMARIA, DE UMA TARDE DE VERÃO.
NASCERAM OS POLVINHOS, QUE CHEGARAM DE MANSINHO, PARA ORGULHO DO PAIZÃO.

NASCERAM OS POLVINHOS, QUASE TODOS IGUAISZINHOS, SE NÃO FOSSE UM DOS IRMÃOS.
ENQUANTO SETE DOS POLVINHOS ERAM TODOS IGUAISZINHOS, UM SÓ ERAM BRANCÃO.

POR SER TÃO DIFERENTE, DERAM-LHE O NOME DE GENTE, ÀQUELE POLVINHO ENGRAÇADO.
POR SER TÃO BRANQUINHO, E BASTANTE MIUDINHO, DE ZIQUINHO FOI CHAMADO.

ENQUANTO TODA TURMINHA, VINHA PELA TARDINHA, E NO NAVIO BRINCAVA.
ZIQUINHO TRISTE SENTADO, SENTINDO-SE REJEITADO, NÃO SE CONFORMAVA.

MAS O SÁBIO PROFESSOR, QUE ENTENDIA TUDO DE COR, ERA UM GRANDE TUBARÃO.
PROCUROU POR ZIQUINHO, E LHE DISSE BEM BAIXINHO, TER ENCONTRADO A SOLUÇÃO.

“ZIQUINHO VOU LHE DIZER TUDO QUE TENS A FAZER, PARA PRETINHO FICAR”
“TOME CUIDADO COM A ARRAIA, NADE ATÉ UMA PRAIA E DEIXE O SOL TE QUE…