Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 29, 2009

Postagem em destaque

A "IRLANDA" RICA, CULTURAL E BELA EH O DESTINO PREFERIDO DOS INTERCAMBISTAS BRASILEIROS QUE LÁ SE SURPREENDEM

LINHA DO TEMPO DA "IRLANDA" / WORLD 
O Castelo de Dublin, localizado na capital, foi a sede do governo britânico até a década de 1920. Hoje, é um dos grandes pontos turísticos da cidade, além de abrigar conferências Estado soberano da Europa que ocupa cerca de cinco sextos da ilha homônima. É uma república constitucional governada como uma democracia parlamentar, com um presidente eleito para servir como chefe de Estado. Considerada um país desenvolvido, a Irlanda tem o décimo primeiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, além de ótimas classificações em índices que medem o grau de democracia e liberdades como a de imprensa, econômica e política. Além da União Europeia (UE), a Irlanda também é membro do Conselho da Europa, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Organização das Nações Unidas (ONU). Sua capital é Dublin e sua população é estimada em 4,58 milhões de habitantes. A "…

VAGÃO DE TREM NA GARAGEM

Estava numa casa onde havia várias pessoas. Havia uma garagem na lateral, onde tinha uma Belina estacionada. Nisto um homem tirou a Belina dali. Ai veio três homens empurrando um vagão de locomotiva, deste de passageiros, para colocar nesta garagem. Fui ajudar a empurrar este vagão. Após colocar ele na direção, demos um grande empurrão e ele foi garagem a adentro. Até que bateu na parede do fundo e fui voltando. Corremos para segurá-lo. E devagar o colocamos dentro da garagem. Nisto agachei perto de uma parede onde estava o Pulinho e a Bete. O Paulinho disse que meu irmão tinha mandado colocar o vagão ali, para que não colocassem mais a Belina na garagem dele. Então disse a ele, que meu irmão deveria falar com o dono da Belina, que não queria mais. Que eu não ficava “remoendo” por dentro por motivo nenhum. O que eu tinha que falar, falava logo e não deixava para depois. Sai dali e fui até uma casa, onde para entrar, tinha uma estreita passagem, descendo uma escada. Tinha um vaso de fl…