quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

NINA. A CACHORRINHA SEMPRE PRESENTE






foto - ?
Quem conhece a filosofia de trabalho e o carisma das Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) sabe que se trata de instituição toda especial, onde os mais impensáveis gestos e atos de amor se manifestam. Renato Mário dos Santos, 43 anos, é catador de recicláveis. Ele encontrou um de seus amores após vir de Guarulhos (SP). 
Nina, uma cadela de quem não se sabe a idade ou raça, que há dois anos encontrou Renato, fazendo-o "renascer" como uma espécie de "Lázaro moderno".
foto -evisos.com
Renato cuidou de Nina em sua doença (ele buscou todos os meios para curá-la de um sangramento intermitente e encontrou uma veterinária que cuidou do animal sem cobrar pelo serviço). Hoje Nina tem cartão de vacina  e dá ao seu dono toda a atenção e proteção. "É ela quem cuida de mim, me protege, é meu anjo". Contou Renato, que divide com Nina comida e espaço  em calçadas ou no Albergue de Roma.

Buscando livrar-se do seu vício em bebidas alcóolicas, ele buscou tratamento (Cata) da Osid. . Mas o tratamento pedia uma indesejada separação: Renato não poderia ter, dentro da unidade de saúde, contato com o animal amigo. Mas, logo os funcionários começaram a perguntar de quem ela seria aquela cadela. Dócil com quem passa, a cadela só abandona a vigília para alimentar-se, "aliviar-se" ou proteger-se da chuva.

Logo descobriram que era Nina e que a mesma esperava pelo dono incansavelmente. 
(fonte - uol.com.br)
foto - Edes
História com esta, pode acontecer com você. Não existe amigo mais fiel que um cão.
Abra seu coração. Quer ter um amigo de verdade? Tenha um cão. Adote um.
Adotar é tudo de bom. Eh bom pra cachorro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

TORNANDO A VIDA POSSÍVEL