quinta-feira, 27 de novembro de 2014

DESTINO







foto - ?
Ser um daqui não é nada fácil. Não é fácil viver em um telúrico onde tudo, de uma forma ou outra, depende de dois fatores indispensáveis dos quais voce poderia até dispensar um, mas jamais o outro, e não seria voce a mesma coisa com apenas um deles.
Enfim, tenho que buscar o indispensável que move este telúrico, onde tudo depende dele e principalmente, quanto mais voce tiver mais fácil torna seu viver aqui. O que por outro lado, no meu caso, ter muito poderia, talvez, levar a descobertas de coisas que eu não queria e  jamais poderiam ser reveladas. Mas já nem sei se é relevante saberem ou não. Afinal estou aqui e não lá. Estando aqui deveria até ser como um daqui. Algumas coisas podem até parecerem iguais, podem até ser possível sua convivência, podem até passarem despercebidas, mas nunca serão as mesmas.  
Na busca, talvez, desenfreada, de pelo menos um destes indispensáveis, faço como eles mesmos. O essencial no momento, o que é preciso ao longo de um tempo e eu chamaria de última tentativa, o que levam todos a acreditarem que as tem. Se não tiver no momento, poderá ter em algum deste momento e, mesmo que tempos se passam acreditando que este momento chegará, eles não desistem e fazem disto como uma esperança reserva. Acabam transformando esta, que para mim seria última tentativa, de um desejo ou busca, para uma surpresa do aniquilador, devastador ou simplesmente anjo, que aqui o chamam de destino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TORNANDO A VIDA POSSÍVEL