Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

A "IRLANDA" RICA, CULTURAL E BELA EH O DESTINO PREFERIDO DOS INTERCAMBISTAS BRASILEIROS QUE LÁ SE SURPREENDEM

LINHA DO TEMPO DA "IRLANDA" / WORLD 
O Castelo de Dublin, localizado na capital, foi a sede do governo britânico até a década de 1920. Hoje, é um dos grandes pontos turísticos da cidade, além de abrigar conferências Estado soberano da Europa que ocupa cerca de cinco sextos da ilha homônima. É uma república constitucional governada como uma democracia parlamentar, com um presidente eleito para servir como chefe de Estado. Considerada um país desenvolvido, a Irlanda tem o décimo primeiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, além de ótimas classificações em índices que medem o grau de democracia e liberdades como a de imprensa, econômica e política. Além da União Europeia (UE), a Irlanda também é membro do Conselho da Europa, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Organização das Nações Unidas (ONU). Sua capital é Dublin e sua população é estimada em 4,58 milhões de habitantes. A "…

CAXIAS DO SUL / RIO GRANDE DO SUL - UMA CIDADE CULTURAL







SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE QUE EH O BERÇO DO TURISMO NO ESTADO, SEJA BEM VINDO A CAXIAS DO SUL. UMA CIDADE CULTURAL
AQUI PARTE DA UNIVERSIDADE CAXIAS DO SUL
imagem - Germano Schuur
A CIDADE TEM 441.332 HABITANTES (IBGE 2010)
QUEM NASCE EM CAXIAS DO SUL EH: CAXIENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.910
O TURISMO
FOI ATRAVÉS DA UVA E DO VINHO, QUE CAXIAS SE NOTABILIZOU, SENDO O BERÇO DO TURISMO DO ESTADO QUANDO, EM 1931, LANÇAVA A MAIOR FESTA DO SUL: A FESTA DA UVA.
VINHOS, UVAS, FRIO E NEVE, ALIADOS AO CLIMA EUROPEU DESTAS MONTANHAS, COM MUITA GENTE BONITA, COMIDA FARTA, HOSPITALIDADE E MUITOS ATRATIVOS.
VENHA CONHECER CAXIAS DO SUL. VAI VALER A PENA.
A HISTÓRIA
A HISTÓRIA DE CAXIAS DO SUL, COMO TANTAS OUTRAS DA ENTÃO PROVÍNCIA DE SÃO PEDRO DO RIO GRANDE DO SUL, RESULTOU DO AGRUPAMENTO DE IMIGRANTES ORIUNDOS DA ITÁLIA.
EM MAIO DE 1875 CHEGAVA A PORTO ALEGRE OS PRIMEIROS COLONOS SAÍDOS EM FEVEREIRO DE OLMATE, PROVÍNCIA DE MILÃO. EM PEQUENOS GRUPOS FORAM TRANSPORTADOS ATÉ O PORTO DE GUIMARÃES (ATUAL CIDADE DE CAÍ, E SEGUINDO O VALE DO RIO CAÍ, CHEGARAM EM SETEMBRO, FINALMENTE, AO CAMPO DOS BUGRES, PARAGEM ASSIM DENOMINADA PORQUE TINHA SIDO HABITADA PELOS ÍNDIOS CAÁGUAS E ONDE HOJE SE ERGUE CAXIAS DO SUL.
O GRUPO ÉTNICO QUE COMPUNHA A PRIMEIRA LEVA DE COLONIZADORES ERA O MAIS VARIADO POSSÍVEL, CONSTITUÍDO DE TIROLESES, VENETOS, LOMBARDOS E TRENTINOS, VINDOS DAS CIDADES ITALIANAS DE CREMONA, BELUNO E MILÃO.
AS FACILIDADES QUE SE APRESENTAVAM AOS QUE DESEJASSEM EMIGRAR PARA O BRASIL, FEZ COM QUE OUTROS GRUPOS, ACRESCIDOS DE EMIGRANTES RUSSOS. POLONESES E SUECOS FOSSEM CHEGANDO ATÉ 1894, ÉPOCA EM QUE TERMINOU A CONCESSÃO DO TRANSPORTE TRANSOCEÂNICO GRATUITO POR PARTE DO GOVERNO.
UM RECENSEAMENTO EFETUADO EM DEZEMBRO DE 1876 ACUSOU A EXISTÊNCIA DE 2.000 COLONOS CONCENTRADOS NA REGIÃO. AO CHEGAREM ERAM RECEBIDOS POR UMA COMISSÃO GOVERNAMENTAL, QUE SE INCUMBIA DA DEMARCAÇÃO DOS LOTES E DA ABERTURA DE ESTRADA. EM GERAL, OS COLONOS PERMANECIAM POUCAS SEMANAS EM BARRACÕES. ENQUANTO AGUARDAVAM A DEMARCAÇÃO DOS LOTES. QUE CORRESPONDIAM A 63 HA DE ÁREA PARA CADA FAMÍLIA, ERA APROVEITADOS NOS TRABALHOS DA COMISSÃO. O GOVERNO IMPERIAL DAVA-LHES, ALÉM DAS TERRAS PARA CULTIVAR, AS FERRAMENTAS E SEMENTES NECESSÁRIAS.
EM 1877 A SEDE DA COLÔNIA DE CAMPO DOS BUGRES RECEBEU A DENOMINAÇÃO DE "COLÔNIA DE CAXIAS". NESSE MESMO ANO ERA REZADA A PRIMEIRA MISSA PELO PADRE ANTÔNIO PASSAGI. A 12 DE ABRIL DE 1884. FOI DESLIGADA DA COMISSÃO DE TERRAS DO IMPÉRIO E ANEXADA AO MUNICÍPIO DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ, DO QUAL FICOU CONSTITUINDO O 5.° DISTRITO DE PAZ. 
CONHEÇA AGORA UM POUCO MAIS DE CAXIAS DO SUL. 
AQUI OS PAVILHÕES DA FESTA DA UVA
imagem - ?
AQUI UM PRÉDIO HISTÓRICO ONDE FUNCIONA O PALÁCIO EPISCOPAL
imagem - ?
AQUI O PRÉDIO DA CENTRAL DE POLICIA
imagem -
ESTA EH A CASA DE CULTURA DA CIDADE
imagem - ?
AQUI O MUSEU. CASA DE PEDRA
imagem - ?
ESTE EH O ARQUIVO HISTÓRICO DO MUNICÍPIO
imagem - ?
AQUI A CORPORAÇÃO BOMBEIROS
imagem - ?
AQUI A CÂMARA DA INDUSTRIA, COMÉRCIO E SERVIÇO
imagem - ?
AQUI A ENTRADA DO CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS
imagem - ?
AQUI UM DIA DE NEVOEIRO
imagem - ?
ESTE EH O CENTRO TECNOLÓGICO DA UNIVERSIDADE
imagem - ?
ESTE EH O COLÉGIO PÚBLICO
imagem - ?
ESTE EH O ESTÁDIO MUNICIPAL ALFREDO JACONI
imagem - ?
ESTA EH A ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA DA CIDADE
imagem - ?
AQUI A GALEIRA DE ARTES DA CASA DA CULTURA DURANTE UMA EXPOSIÇÃO
imagem - ?
AQUI O HOSPITAL
imagem - ?
AQUI A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL
imagem - ?
AQUI A RBS TV DE CAXIAS DO SUL
imagem - ?
ESTE EH O PRÉDIO DA REITORIA DA UNIVERSIDADE
imagem - ?
AQUI O INTERIOR DA ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
imagem - ?
AQUI O PRÉDIO DO TEATRO DA UNIVERSIDADE
imagem - ?
ESTE EH UM CASTELO DA CIDADE
imagem - Anelise Kunrath
AQUI FUNCIONA O MUSEU DE CIÊNCIAS NATURAIS
imagem - Germano Schuur
ESTE EH O CACTÁRIO DA JARDIM BOTÂNICO
imagem - Germano Schuur
CASARÃO DE SÃO VIRGÍLIO
imagem - Germano Schuur
O PIRULITO
imagem - ?
OLHE QUE BONITA RUA
imagem - Eliseo Carlos Martinez
ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
imagem - ?
A FONTE
imagem - ?
AQUI O MUSEU DO VINHO NO VALE TRENTINO
imagem - Anelise Kunrath
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
imagem - Edilson V. Benvenutti
AQUI NO JARDIM BOTÂNICO
imagem - Germano Schuur
O MONUMENTO AOS TIROLESES
imagem - ?
RESTAURANTE
imagem - Marcelo Parisi Pestazone
RESTAURANTE DA UNIVERSIDADE
imagem - Germano Schuur
IGREJA DE SÃO PELEGRINO
imagem - Germano Schuur
RUA DA CIDADE
imagem - Tiago de Lucena
AQUI UMA VISÃO GERAL DA CIDADE
imagem - ?
VISTA PARCIAL DA REGIÃO CENTRAL
imagem - Barriga Verde
VISTA AÉREA DA CIDADE
imagem - Barriga Verde
REGIÃO CENTRAL
imagem - Germano Schuur
A CIDADE AO ANOITECER
imagem - Germano Schuur
RÉPLICA DA CIDADE QUANDO EM 1.885
imagem - ?
UM PARREIRAL DE UVAS
imagem - ?
O ENTORNO DA CIDADE
imagem - Barriga Verde
JARDIM BOTÂNICO
imagem - Germano Schuur
CACHOEIRA VÉU DE NOIVA
imagem - Eliseo Carlos martinez
VINHAS
imagem - Marcelo Parise Pestazone
AQUI A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO







SUA VISITA AGRADECEMOS E ESPERAMOS QUE SEMPRE VOLTE A NAVEGAR EM NOSSO SITE.
ATÉ UM OUTRO DIA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

Estava numa estrada comprida e reta, cercada de mato em ambos os lados. Nisto veio um bicho em alta velocidade. Alguém gritou para sair da frente, porque o bicho era muito feroz. Então dei um pulo e ele passou rapidamente. Sai correndo atrás do bicho, tão rápido quanto ele ia. Depois o bicho mudou de direção, vindo correndo atrás de mim. Sai correndo velozmente, mas o bicho estava me alcançando. Então pensei que era só voar que ele não me pegaria. Dei um grande salto e sai voando. Nisto vi o bicho passando logo abaixo de mim. Via só a poeira que ele fazia. O bicho mesmo não via. Fiquei pensando que ainda bem que o tal bicho não voava, senão estaria perdido.

OS 5 LOCAIS MAIS BONITOS DA CHAPADA DIAMANTINA

MORRO DO INÁCIO
CACHOEIRA DOS MOSQUITOS
POÇO ENCANTADO
GRUTA PRATINHA
CACHOEIRA DA FUMAÇA

ZIQUINHO, O POLVINHO DIFERENTE

NO FUNDO DE UM MAR BRAVIO, NO PORÃO DE UM NAVIO, QUE NAUFRAGOU POR LÁ.
DONA POLVA ESTÁ CONTENTE, SEU MARIDO IMPACIENTE, POIS SEUS FILHOS VÃO CHEGAR.

NAQUELE MESMO DIA, DURANTE UMA CALMARIA, DE UMA TARDE DE VERÃO.
NASCERAM OS POLVINHOS, QUE CHEGARAM DE MANSINHO, PARA ORGULHO DO PAIZÃO.

NASCERAM OS POLVINHOS, QUASE TODOS IGUAISZINHOS, SE NÃO FOSSE UM DOS IRMÃOS.
ENQUANTO SETE DOS POLVINHOS ERAM TODOS IGUAISZINHOS, UM SÓ ERAM BRANCÃO.

POR SER TÃO DIFERENTE, DERAM-LHE O NOME DE GENTE, ÀQUELE POLVINHO ENGRAÇADO.
POR SER TÃO BRANQUINHO, E BASTANTE MIUDINHO, DE ZIQUINHO FOI CHAMADO.

ENQUANTO TODA TURMINHA, VINHA PELA TARDINHA, E NO NAVIO BRINCAVA.
ZIQUINHO TRISTE SENTADO, SENTINDO-SE REJEITADO, NÃO SE CONFORMAVA.

MAS O SÁBIO PROFESSOR, QUE ENTENDIA TUDO DE COR, ERA UM GRANDE TUBARÃO.
PROCUROU POR ZIQUINHO, E LHE DISSE BEM BAIXINHO, TER ENCONTRADO A SOLUÇÃO.

“ZIQUINHO VOU LHE DIZER TUDO QUE TENS A FAZER, PARA PRETINHO FICAR”
“TOME CUIDADO COM A ARRAIA, NADE ATÉ UMA PRAIA E DEIXE O SOL TE QUE…