A PROMESSA


 Estava dentro de um cômodo queficava numa esquina. Este cômodo tinha dois metros x dois. Uma das paredes docômodo, que dava para a rua, era de vidro. Estava La dentro sentado, segurandoum violão. Havia mais duas pessoas comigo. Nisto passou uma mulher na rua eficou me olhando pela parede de vidro. Depois foi embora. Depois voltaram ela eoutra pessoa que me conhecia. Esta pessoa ficou dizendo que eu disse estarviajando, mas estava li na cidade. Então tentei explicar que disse aquilo, paraque ninguém me incomodasse, queria ficar longe de parentes e conhecidos por umtempo, mas que eu viajaria sim, mas no outro dia. Esta pessoa continuoufalando. Então fiquei pensando que eu deveria ter viajado há mais tempo, assimficaria livre das pessoas que me cercavam.

Comentários