Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 31, 2009

Postagem em destaque

A "IRLANDA" RICA, CULTURAL E BELA EH O DESTINO PREFERIDO DOS INTERCAMBISTAS BRASILEIROS QUE LÁ SE SURPREENDEM

LINHA DO TEMPO DA "IRLANDA" / WORLD 
O Castelo de Dublin, localizado na capital, foi a sede do governo britânico até a década de 1920. Hoje, é um dos grandes pontos turísticos da cidade, além de abrigar conferências Estado soberano da Europa que ocupa cerca de cinco sextos da ilha homônima. É uma república constitucional governada como uma democracia parlamentar, com um presidente eleito para servir como chefe de Estado. Considerada um país desenvolvido, a Irlanda tem o décimo primeiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, além de ótimas classificações em índices que medem o grau de democracia e liberdades como a de imprensa, econômica e política. Além da União Europeia (UE), a Irlanda também é membro do Conselho da Europa, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Organização das Nações Unidas (ONU). Sua capital é Dublin e sua população é estimada em 4,58 milhões de habitantes. A "…

A MARMITA E O CELULAR

Estava na mercearia dos ferroviários, que fica na rua da feira esquina com a “travessa” castelo Branco. Peguei meu celular e liguei para o restaurante, pedindo para levarem o almoço para mim, e entregassem na casa da minha mãe, que ficava ali perto desta mercearia. Enquanto falava, a ligação caiu. Liguei novamente comecei a passar o endereço, quando vi no meio da rua, um homem com um papel, falando ao celular e anotando alguma coisa. Imaginei que seria com ele que eu estaria falando. Desliguei o celular, para falar diretamente com o tal homem. Nisto vi outro, na rua da feira, anotando num papel também. Então percebi que eles estariam fazendo algum serviço para a prefeitura, no sentido de arrumar a rua. Peguei o telefone novamente, liguei outra vez para o restaurante, pedindo a marmita. Eles levaram até a casa da minha mãe, que ficava ali pertinho. Fui até a casa da minha mãe, peguei a marmita e fui para casa almoçar. Chegando em casa, fiquei imaginando porque tinha pedido para levarem…