Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 27, 2007

OS DARDOS DO EXÉRCITO

Estava dentro de um quarto, que tinha uma porta e uma janela. Era noite. Eu saí para fora deste quarto, que logo após a porta, tinha um pequeno jardim e um portão de lata. Quando fui abrir o portão, vi que estava chegando lá fora um caminhâo, tipo estes que o exército usa. Estava todo pintado tipo camuflagem. Eu então voltei para dentro do quarto, pulei a janela. Nisto vi pela sombra do portão, por entre as plantas do jardim, que ele estava sendo aberto. Então, pouca a minha frente, caiu dois homens. Então percebi que os homens que vieram no caminhão tinham levado eles. Mas não ouvi barulho nenhum. Daí eu fui para o outro lado, tentando escapar. Dei de cara com dois homens, vestidos com roupa do exercito, que tinham nas mãos um lança dardos, tipo aqueles que os índios usam. Eles então atiraram os dardos em mim. Eram uns cinco dardos, que pegaram no meu rosto e pescoço. Eu, não sei como, sabia que os dardos eram envenenados e que eu ia morrer. Então pensei, já que vou morrer não adiant…