Pular para o conteúdo principal

SANTANA DO LIVRAMENTO NO RIO GRANDE DO SUL EH A FRONTEIRA DA PAZ






SEJA BEM VINDO A CIDADE QUE EH SÍMBOLO DA INTEGRAÇÃO BRASILEIRA COM OS PAÍSES MEMBROS DO MERCOSUL. SEJA BEM VINDO A SANTA DO LIVRAMENTO. (SANT'ANA DO LIVRAMENTO.
AQUI A PRAÇA PRÓXIMA A DIVISA BRAZIL / URUGUAI
imagem - Henrique de Borba
SANTA DO LIVRAMENTO TEM 82.464 HABITANTES
QUEM NASCE EM SANTA DO LIVRAMENTO EH: SANTANENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1.823
ORIGEM DO NOME
EM 1834, A SRA. ANA ILHA DE VARGAS, FAZENDEIRA ABASTADA, DOOU À IGREJA UMA IMAGEM DE NOSSA SENHORA DE SANTA ANA, NA CONDIÇÃO DE SER ESSE O NOME DADO AO CURATO. O MUNICÍPIO PASSOU, ENTÃO, A DENOMINAR-SE SANTANA DO LIVRAMENTO E, MAIS TARDE, SOMENTE LIVRAMENTO. EM 1957, FOI RESTITUÍDA A ANTIGA DENOMINAÇÃO.
HISTÓRIA
O MUNICÍPIO DE SANTANA DO LIVRAMENTO FOI, INICIALMENTE, OCUPADO PELOS ÍNDIOS MINUANOS E CHARRUAS.
POR VOLTA DO ANO DE 1810, HOUVE UM COMBATE ENTRE FORÇAS PORTUGUESAS E ESPANHOLAS, SAINDO VITORIOSAS AS PRIMEIRAS. POSTERIORMENTE, OS OFICIAIS QUE GUARNECIAM AS FRONTEIRAS FORAM AOS POUCOS LEVANTANDO MORADIAS, CONSTITUINDO, ASSIM, OS PRIMEIROS NÚCLEOS DE COLONIZAÇÃO NO TERRITÓRIO.

EM 30 DE JULHO DE 1823 O LUGAR PASSOU A SE CHAMAR NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO, E EM 1857, ELEVANDO A CATEGORIA DE VILA SE DESMEMBROU DA CIDADE DE ALEGRETE.

SANTANA DO LIVRAMENTO FAZ FRONTEIRA COM RIVERA (URUGUAI) UNIDAS POR UMA LINHA IMAGINÁRIA, DÃO UMA DEMONSTRAÇÃO AO MUNDO DE QUE A PAZ É POSSÍVEL, POR ISSO SÃO CONHECIDAS COMO FRONTEIRA DA PAZ OU LA MAS HERMANA DE TODAS LAS FRONTERAS DEL MUNDO. 
AQUI A PRAÇA INTERNACIONAL
imagem - Renato Gonzales da Silva
OS PRIMEIROS COLONIZADORES QUE HABITARAM A CIDADE FORAM OS ÍNDIOS CHARRUAS E MINUANOS, PERTENCENTES AO GRUPO GUAICURUS DO SUL.

OS PRIMEIROS EUROPEUS QUE VIERAM PARA HABITAR O RIO GRANDE DO SUL E NOSSA REGIÃO FORAM OS JESUÍTAS ESPANHÓIS, HABITANDO A REGIÃO DO PRATA E CONTRIBUINDO COM A FORMAÇÃO E POVOAMENTO DE SANT'ANA DO LIVRAMENTO.

AQUI NA ENTRADA DA CASA DE CULTURA IVO CAGGIANI
imagem - PMSL
AQUI NO INTERIOR DA CASA DE CULTURA
imagem - PMSL
AS COLUNAS DE ENTRADA NA CASA DE CULTURA
imagem - PMSL
PRAÇA GENERAL OSÓRIO
imagem - Renato Gonzales da Silva
BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL RUI BARBOSA.
imagem - PMSL
A FRONTEIRA DA PAZ / PRAÇA INTERNACIONAL. DO LADO DIREITO EH O URUGUAI. DO LADO ESQUERDO EH O BRAZIL. MAIS PRECISAMENTE A CIDADE DE SANTANA DO LIVRAMENTO.
imagem - ?
VISÃO DO CENTRO DA CIDADE
imagem - Rafael Caggiani
NOVAMENTE A DIVISA BRAZIL / URUGUAI
imagem - ?
ALGUMAS CASAS
imagem - Edelcio J.
A CIDADE A NOITE
imagem - Fábian Ribeiro
VISÃO GERAL DA CIDADE
imagem - Kehrwald
BONITA ARBORIZAÇÃO EM UMA DA RUAS
imagem - Hugo Lopes
AQUI O TÚNEL FORMADO PELAS ÁRVORES
imagem - Hugo Lopes
UMA DAS RUAS DA CIDADE
imagem - Ignácio balassanian
O MORO NO ENTORNO DA CIDADE
imagem - Felipe Pedroso
A PRAÇA CENTRAL
imagem - Henrique de Borba
VISTA DOS EDIFÍCIOS
imagem - Reila G. Pereira
SOCIEDADE ESPANHOLA
imagem - Reila G. Pereira
PRAÇA GENERAL OSÓRIO
imagem - reila G. Pereira
ZONA RURAL DA CIDADE
imagem - Marcirio Dias Leite
AQUI A SALA DE CULTURA
imagem - PMSL
TERMINAL DE ÔNIBUS
imagem - Marcirio Dias Leite
UNIVERSIDADE UNIPAMPA
imagem - Henrique de Borba
ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
imagem - Luiz Aston Pereira Picanço
OUTRA RUA DA CIDADE
imagem - Edelcio J.
IGREJA MATRIZ DE SAN'TÁNA
imagem - Arquidiocese
ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
imagem - Henrique de Borba
PARCIAL DA CIDADE
imagem - rafael Caggiani
RUA CENTRAL
imagem - ?

ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
AQUI O BRASÃO DO MUNICÍPIO


VALEU SEMPRE 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

Estava numa estrada comprida e reta, cercada de mato em ambos os lados. Nisto veio um bicho em alta velocidade. Alguém gritou para sair da frente, porque o bicho era muito feroz. Então dei um pulo e ele passou rapidamente. Sai correndo atrás do bicho, tão rápido quanto ele ia. Depois o bicho mudou de direção, vindo correndo atrás de mim. Sai correndo velozmente, mas o bicho estava me alcançando. Então pensei que era só voar que ele não me pegaria. Dei um grande salto e sai voando. Nisto vi o bicho passando logo abaixo de mim. Via só a poeira que ele fazia. O bicho mesmo não via. Fiquei pensando que ainda bem que o tal bicho não voava, senão estaria perdido.

OS 5 LOCAIS MAIS BONITOS DA CHAPADA DIAMANTINA

MORRO DO INÁCIO
CACHOEIRA DOS MOSQUITOS
POÇO ENCANTADO
GRUTA PRATINHA
CACHOEIRA DA FUMAÇA

ZIQUINHO, O POLVINHO DIFERENTE

NO FUNDO DE UM MAR BRAVIO, NO PORÃO DE UM NAVIO, QUE NAUFRAGOU POR LÁ.
DONA POLVA ESTÁ CONTENTE, SEU MARIDO IMPACIENTE, POIS SEUS FILHOS VÃO CHEGAR.

NAQUELE MESMO DIA, DURANTE UMA CALMARIA, DE UMA TARDE DE VERÃO.
NASCERAM OS POLVINHOS, QUE CHEGARAM DE MANSINHO, PARA ORGULHO DO PAIZÃO.

NASCERAM OS POLVINHOS, QUASE TODOS IGUAISZINHOS, SE NÃO FOSSE UM DOS IRMÃOS.
ENQUANTO SETE DOS POLVINHOS ERAM TODOS IGUAISZINHOS, UM SÓ ERAM BRANCÃO.

POR SER TÃO DIFERENTE, DERAM-LHE O NOME DE GENTE, ÀQUELE POLVINHO ENGRAÇADO.
POR SER TÃO BRANQUINHO, E BASTANTE MIUDINHO, DE ZIQUINHO FOI CHAMADO.

ENQUANTO TODA TURMINHA, VINHA PELA TARDINHA, E NO NAVIO BRINCAVA.
ZIQUINHO TRISTE SENTADO, SENTINDO-SE REJEITADO, NÃO SE CONFORMAVA.

MAS O SÁBIO PROFESSOR, QUE ENTENDIA TUDO DE COR, ERA UM GRANDE TUBARÃO.
PROCUROU POR ZIQUINHO, E LHE DISSE BEM BAIXINHO, TER ENCONTRADO A SOLUÇÃO.

“ZIQUINHO VOU LHE DIZER TUDO QUE TENS A FAZER, PARA PRETINHO FICAR”
“TOME CUIDADO COM A ARRAIA, NADE ATÉ UMA PRAIA E DEIXE O SOL TE QUE…