Pular para o conteúdo principal

NO INTERIOR DO TOCANTINS "DIANÓPOLIS" EH A TERRA DAS DIANAS






BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ?
DIANÓPOLIS TEM 19.112 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM DIANÓPOLIS EH:  DIANAPOLINO
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 26 DE AGOSTO E FOI FUNDADA EM 1.884
ORIGEM DO NOME
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
HISTÓRIA
Dianópolis é uma das mais antigas cidades do Tocantins e berço histórico e cultural do Estado, o início de sua história data aproximadamente de 1750.
Nessa época existiam grandes aldeias de índios, dentre elas destacavam-se as tribos dos Gueguês, Assus, Acroás, Xacribás e Xerentes.
O governador Dom Marcos de Noronha, Conde dos Arcos, da então Capitania de Goiás. Manda uma comitiva constituída de padres, jesuítas e homens experientes e instruída, com o objetivo de catequizarem os nativos. Assim são fundados alguns aldeamentos, entre eles o Formiga e Missões. Nesses aldeamentos eram colocados os selvagens, capturados a força e conduzidos ao interior do aldeamento para serem devidamente educados e evangelizados.
Em 1751 foi edificado um aldeamento, nas proximidades do Ribeirão Formigas, com o nome de São Francisco Xavier do Duro, mais conhecido como Missões ou Missão, onde foram aldeados 600 índios da tribo Xacriabás. Em 1755 foram aldeados 250 índios da tribo Acroás. Esses aldeamentos foram feitos utilizando a força pelo coronel pernambucano Venceslau Gomes da Silva, a pacificação dos índios e a administração dos aldeamentos contaram com os jesuítas Bento Soares, Jose Batista e José Vieira, estes últimos vindos da Bahia, por solicitação do governador da capitania de Goiás, Dom Marcos de Noronha.
Conforme a versão popular, as índias Tapuia (designação para qualquer indígena da região) em suas andanças pelos arredores, encontraram pedras amarelas que foram levadas aos Jesuítas. Estes constataram que tais pedras eram pepitas de ouro. Em decorrência desse fato, os índios ficaram responsáveis pela extração aurífera, tornando-se o local conhecido como: As Minas das Tapuia?, daí derivando os nomes D’oiro, D’ouro e Duro.
AQUI A AABB
imagem - J. A. Valente Neto
AEROPORTO
imagem - J. A. Valente Neto
BALNEÁRIO MUNICIPAL
Rio de águas límpidas, bar, quiosques, quadra de vôlei, sanitários, estacionamento, boas margens para lazer, ideal para banhos, diariamente aberto, para maiores informações procure a Secretaria de Turismo.
imagem - J. A. Valente Neto
CENTRO MÉDICO ESPECIALIZADO
imagem - J. A. Valente Neto
CORETO DA PRAÇA
imagem - J. A. Valente Neto
CACHOEIRA DA RÉ
Distância/Acesso: 20 km / TO 387. Pequena extensão e limpidez; o acesso é feito por trilha de aproximadamente 1 hora e 30 minutos. Propriedade particular
imagem - J. A. Valente Neto
CASCATA CACHOEIRINHA
Distância/Acesso: 6 km / TO - 040. Riacho com boa margem para lazer; piscina natural; oferece um cenário de grande beleza. Propriedade particular
imagem - J. A. Valente Neto
CASCATA DO NOVO HORIZONTE
Distancia/Acesso: 5 km / TO - 040. Piscina natural de pequenas dimensões; margens de pedras; bom para banhos; o acesso é feito por trilha de aproximadamente 30 minutos. Propriedade particular
imagem - J. A. Valente Neto
SISTEMA DE IRRIGAÇÃO
imagem - J. A. Valente Neto
CAPELA DOS NOVE
Localização: Praça da Capelinha. Abriga os restos mortais das nove vítimas do massacre ocorrido em 1919, não há visitação interior
imagem - J. A. Valente Neto
MATRIZ DE SÃO JOSÉ
imagem - Vicente A. Queiroz
IGREJA SAGRADA FAMÍLIA
Descrição: datada de aproximadamente 1889, a igreja foi construída sobre ruínas da anterior; é aberta aos domingos de manhã para celebrações de missas e em ocasiões especiais
imagem - J. A. Valente Neto
SEDE DO PODER JUDICIÁRIO - FORUM -
imagem - J. A. Valente Neto
BIBLIOTECA MUNICIPAL
Espaço público de pesquisa e lazer; a biblioteca conta com vários títulos literários e científicos, revistas e jornais diários; além de obras narradas por dianopolinos; está aberta durante a semana das 7hs às 19hs; e nos finais de semana das 7hs às 17hs; para maiores informações procure a Secretaria de Turismo.
AQUI A ESCOLA
imagem - J. A. Valente Neto
MUSEU MUNICIPAL
Descrição: abriga peças históricas das famílias mais tradicionais; são utensílios, móveis, objetos pessoais, documentos, dentre outros; o horário de visitação é das 7 h às 19 h e nos finais de semana das 7 h às 17 h
imagem - J. A. Valente Neto
INSS
imagem - J. A. Valente Neto
INSTITUTO DE MENORES
imagem - J. A. Valente Neto
POLIESPORTIVO
imagem - J. A. Valente Neto
SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA -
imagem - J. A. Valente Neto
BALANÇA
Distância/Acesso: 15 km / TO - 040. Ribeirão Morena. Com boas margens para lazer e limpidez e bom para banhos. Propriedade particular
imagem - J. A. Valente Neto
RIO GAMELEIRA
Distância/Acesso: 20 km / TO - 040. Ribeirão Gameleira; piscina natural; margens de pedras; bom para banhos; o acesso é feito por trilhas de aproximadamente 45 minutos. Propriedade particular
imagem - J. A. Valente Neto
RIO PALMEIRAS
imagem - J. A. Valente Neto
AGÊNCIA DOS CORREIOS E TELÉGRAFOS
imagem - J. A. Valente Neto
GARGANTA
Distância/Acesso: 70 km / TO - 387. Vegetação exótica; platô da Serra Geral; cânions, mirantes; ideal pra prática de observação e pesquisas
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
CAMPINHO
imagem - J. A. Valente Neto
PARA TODOS OS LUGARES
imagem - J. A. Valente Neto
FEIRA LIVRE
imagem - J. A. Valente Neto
HOSPITAL
imagem - J. A. Valente Neto
CONHEÇA UM POUCO MAIS DE DIANÓPOLIS
imagem - ?
imagem - ?
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - J. A. Valente Neto
imagem - ?
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO


APAIXONE-SE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZIQUINHO, O POLVINHO DIFERENTE

NO FUNDO DE UM MAR BRAVIO, NO PORÃO DE UM NAVIO, QUE NAUFRAGOU POR LÁ.
DONA POLVA ESTÁ CONTENTE, SEU MARIDO IMPACIENTE, POIS SEUS FILHOS VÃO CHEGAR.

NAQUELE MESMO DIA, DURANTE UMA CALMARIA, DE UMA TARDE DE VERÃO.
NASCERAM OS POLVINHOS, QUE CHEGARAM DE MANSINHO, PARA ORGULHO DO PAIZÃO.

NASCERAM OS POLVINHOS, QUASE TODOS IGUAISZINHOS, SE NÃO FOSSE UM DOS IRMÃOS.
ENQUANTO SETE DOS POLVINHOS ERAM TODOS IGUAISZINHOS, UM SÓ ERAM BRANCÃO.

POR SER TÃO DIFERENTE, DERAM-LHE O NOME DE GENTE, ÀQUELE POLVINHO ENGRAÇADO.
POR SER TÃO BRANQUINHO, E BASTANTE MIUDINHO, DE ZIQUINHO FOI CHAMADO.

ENQUANTO TODA TURMINHA, VINHA PELA TARDINHA, E NO NAVIO BRINCAVA.
ZIQUINHO TRISTE SENTADO, SENTINDO-SE REJEITADO, NÃO SE CONFORMAVA.

MAS O SÁBIO PROFESSOR, QUE ENTENDIA TUDO DE COR, ERA UM GRANDE TUBARÃO.
PROCUROU POR ZIQUINHO, E LHE DISSE BEM BAIXINHO, TER ENCONTRADO A SOLUÇÃO.

“ZIQUINHO VOU LHE DIZER TUDO QUE TENS A FAZER, PARA PRETINHO FICAR”
“TOME CUIDADO COM A ARRAIA, NADE ATÉ UMA PRAIA E DEIXE O SOL TE QUE…

CORRENDO VELOZMENTE DO BICHO ESTRANHO

Estava numa estrada comprida e reta, cercada de mato em ambos os lados. Nisto veio um bicho em alta velocidade. Alguém gritou para sair da frente, porque o bicho era muito feroz. Então dei um pulo e ele passou rapidamente. Sai correndo atrás do bicho, tão rápido quanto ele ia. Depois o bicho mudou de direção, vindo correndo atrás de mim. Sai correndo velozmente, mas o bicho estava me alcançando. Então pensei que era só voar que ele não me pegaria. Dei um grande salto e sai voando. Nisto vi o bicho passando logo abaixo de mim. Via só a poeira que ele fazia. O bicho mesmo não via. Fiquei pensando que ainda bem que o tal bicho não voava, senão estaria perdido.

VIÇOSA / MG - CIDADE UNIVERSITÁRIA E JOVEM

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE VIÇOSA. UMA CIDADE JOVEM E CULTA
foto - ?
VIÇOSA TEM UMA POPULAÇÃO É DE 72.244 HABITANTES, ALÉM DE UMA POPULAÇÃO FLUTUANTE DE APROXIMADAMENTE 20.000 PESSOAS, COMPOSTA PRINCIPALMENTE DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA E OUTRAS INSTITUIÇÕES. QUEM NASCE EM VIÇOSA EH: VIÇOSENSE HISTÓRIA
TRATA-SE DE UMA CIDADE ESSENCIALMENTE UNIVERSITÁRIA, COM DESTAQUE PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, CONTA AINDA COM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADAS COMO ESUV, FDV, UNIVIÇOSA, UNOPAR, ACENTUANDO AINDA MAIS O CARÁTER EDUCACIONAL DA CIDADE. A HISTÓRIA DE VIÇOSA SE INICIA, PROPRIAMENTE, NO SÉCULO XIX. FOI EM 1800, SEGUNDO APONTAMENTOS ECLESIÁSTICOS QUE O PADRE FRANCISCO JOSÉ DA SILVA OBTEVE DO BISPADO DE MARIANA PERMISSÃO PARA ERIGIR UMA ERMIDA EM HOMENAGEM A SANTA RITA DE CÁSSIA, NA REGIÃO QUE HOJE ABRANGE O MUNICÍPIO. A CONSTRUÇÃO DA ERMIDA E A FERTILIDADE DAS TERRAS ATRAÍRAM HABITANTES DE MUNICÍPIOS VIZINHOS, PRINCIPALMENTE DE MARIANA, O…