Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 21, 2012

NAS ESCADARIAS DO PRÉDIO

Estava do lado de fora de um edifício. Seria o edifício onde eu moro. Fui entrar neste prédio, mas acabei por tentar entrar em outra portaria, onde o vidro era fumê. Então percebi que estava no edifício errado, porque a porta de entrada do edifício onde eu moro era tipo a de bar. Abre para s dois lados. Entrei por esta porta e logo ali9 havia um salão não muito grande. Bem de frente a portaria, do outro lado do salão, estava às escadas que levavam aos apartamentos. Estas escadas eram duas. Uma de frente para outra. Elas subiam no sentido contrário uma da outra e na metade da chegada para o primeiro andar, elas mudavam o sentido e iam de encontro uma da outra. Era assim em toda a frente daquele prédio. As escadas ficavam do lado de fora, mas dentro da portaria. Podia-se ver toda a escada. Para o segundo andar era do mesmo jeito e assim sucessivamente. Fui subindo por esta escada, quando vi que vinham descendo duas mulheres que estavam falando que queriam me encontrar, para acertar as c…

CITROÊN DS3 NO SPFW

Quem estava à espera do Citroën DS3 pode ficar contente. Depois de quase três anos ensaiando seu lançamento, a marca confirmou que o compacto de luxo chega ainda neste primeiro semestre às suas lojas.
A montadora inclusive já expõe o carro para aguçar a curiosidade alheia. E adivinha onde ele está sendo apresentado? No São Paulo Fashion Week, lugar mais que convidativo para lançar um veículo que apela para o lado emotivo (design e estilo) para conquistar compradores. O DS3 divide arquitetura com o novo C3 e, no Brasil, deve usar o motor 1.6 THP do Peugeot 3008.
 “Mostraremos no SPFW (São Paulo Fashion Week) um pouco do DNA da Citroën, sempre como uma marca da inovação e tecnologia que estão expressas nos nossos veículos de ontem, hoje e amanhã”, explica o CEO da Citroën do Brasil, Francesco Abbruzzesi, em comunicado oficial da fabricante.
(Fonte: ig.com.br)

LUIZINHO, O SIRIZINHO DIFERENTE

EM UMA CERTA PRAIA, HAVIA UM TAL DE LUIZINHO.
QUE ERA UM CERTO SIRIZINHO, QUE SÁ SABIA RECLAMAR.

RECLAMAVA PARA O PAI, PARA A MÃE E OS IRMÃOS.
QUERIA UMA SOLUÇÃO, PARA O SEU JEITO DE ANDAR.

NÃO ENTENDIA O LUIZINHO, O QUE LHE SAIU ERRADO.
QUANDO A FAMÍLIA FOI CRIADA, DE TODO SIRI DO MAR.

PORQUE ERA TÃO DIFERENTE, DOS BICHOS QUE NO MAR VIVEM.
DOS QUE EM TERRA RESIDEM, DOS PÁSSAROS VOADORES.

DE TODOS OS ANIMAIS, DE QUE JÁ OUVIU FALAR.
NO SEU JEITO DE ANDAR, NUNCA TEREM RECLAMADO.

PARA NOSSO LUIZINHO, O SEU MAIOR PROBLEMA.
O SEU ENORME DILEMA, ERA TER DE ANDAR DE LADO.

TODOS QUE ALI VIVIAM, IAM SAINDO DE FININHO.
QUANDO VIAM QUE LUIZINHO, ESTAVA VINDO POR PERTO.

PORQUE NINGUÉM AGÜENTAVA, OUVIR LUIZINHO RECLAMAR.
DO SEU JEITO DE ANDAR, SE PARA FRENTE ERA O CERTO.

OS PEIXES DO MAR APELIDARAM LUIZINHO.
E CHAMARAM O SIRIZINHO, DE O TAL “DE LADINHO”

LUIZINHO ENTÃO, COM RAIVA, TENTA PEGAR OS PEIXES.
MESMO QUE ESTES NÃO FUJAM, NÃO ACERTAVA O CAMINHO.

CERTA VEZ DE TARDINHA, LUIZINHO VIU UM MENINO.
QUE LHE ESTAVA SOR…