Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 29, 2011

Postagem em destaque

A "IRLANDA" RICA, CULTURAL E BELA EH O DESTINO PREFERIDO DOS INTERCAMBISTAS BRASILEIROS QUE LÁ SE SURPREENDEM

LINHA DO TEMPO DA "IRLANDA" / WORLD 
O Castelo de Dublin, localizado na capital, foi a sede do governo britânico até a década de 1920. Hoje, é um dos grandes pontos turísticos da cidade, além de abrigar conferências Estado soberano da Europa que ocupa cerca de cinco sextos da ilha homônima. É uma república constitucional governada como uma democracia parlamentar, com um presidente eleito para servir como chefe de Estado. Considerada um país desenvolvido, a Irlanda tem o décimo primeiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, além de ótimas classificações em índices que medem o grau de democracia e liberdades como a de imprensa, econômica e política. Além da União Europeia (UE), a Irlanda também é membro do Conselho da Europa, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Organização das Nações Unidas (ONU). Sua capital é Dublin e sua população é estimada em 4,58 milhões de habitantes. A "…

NANDINHA, A TARTARUGA MARINHA

ERA UMA VEZ, NUM VERÃO, NO COMEÇO DA ESTAÇÃO, ANTES DE O SOL RAIAR.
A TARTARUGA CALMAMENTE CAMINHA LENTAMENTE, PARA UM BURACO CAVAR.

DEPOIS DO BURACO FEITO, COM CALMA E MUITO JEITO, COLOCA SEUS OVOS LÁ.
E QUANDO TERMINA A TAREFA, COBRE OS OVOS COM PRESSA, PARA QUE POSSAM CHOCAR.

CUMPRIDA SUA MISSÃO, VOLTA PRO MAR ENTÃO, DEIXANDO OS OVOS LÁ.
OS DIAS VÃO SE PASSANDO, E O SOL OS OVOS CHOCANDO, ATÉ O TEMPO TERMINAR.

CHEGANDO ENTÃO O MOMENTO, ESPERADO A TANTO TEMPO, PARA AS TARTARUGAS NASCEREM.
OS OVOS VÃO SE ROMPENDO, AS TARTARUGAS VÃO NASCENDO, LUTANDO POR SOBREVIVEREM.

NASCEM E SAEM CORRENDO, COMO SE HOUVESSE ALGUÉM DIZENDO: “SAIAM DEPRESSA DAQUI”.
E ELAS SAEM CORRENDO, NO MAR VÃO SE PROTEGENDO, PORQUE NO MUNDO TUDO É ASSIM.

A TARTARUGA NANDINHA, QUE ERA BEM PEQUENININHA, FOI A ÚLTIMA A NASCER.
POR MAIS QUE ELA TENTASSE, SEU CORPINHO ARRASTASSE, NÃO CONSEGUIA CORRER.

MAS ESCAPOU DA GAIVOTA, SENTINDO-SE QUASE MORTA, NÃO PARAVA DE ANDAR.
LUTOU MUITO BRAVAMENTE, QUEIMANDO-LHE A AREIA QUENTE, PARA ATÉ …