Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 29, 2009

Postagem em destaque

A "IRLANDA" RICA, CULTURAL E BELA EH O DESTINO PREFERIDO DOS INTERCAMBISTAS BRASILEIROS QUE LÁ SE SURPREENDEM

LINHA DO TEMPO DA "IRLANDA" / WORLD 
O Castelo de Dublin, localizado na capital, foi a sede do governo britânico até a década de 1920. Hoje, é um dos grandes pontos turísticos da cidade, além de abrigar conferências Estado soberano da Europa que ocupa cerca de cinco sextos da ilha homônima. É uma república constitucional governada como uma democracia parlamentar, com um presidente eleito para servir como chefe de Estado. Considerada um país desenvolvido, a Irlanda tem o décimo primeiro maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, além de ótimas classificações em índices que medem o grau de democracia e liberdades como a de imprensa, econômica e política. Além da União Europeia (UE), a Irlanda também é membro do Conselho da Europa, da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), da Organização Mundial do Comércio (OMC) e da Organização das Nações Unidas (ONU). Sua capital é Dublin e sua população é estimada em 4,58 milhões de habitantes. A "…

PAU DE ARARA

Estava num local onde havia várias pessoas. A gente estava esperando chegar um caminhão, deste tipo “pau de arara”, para nos levar. Eu segurava uma criança de um ano, aproximadamente, no colo. Nisto o caminhão chegou. Só que ele já estava lotado. O jeito então foi subir em cima da armação de lona. Não consegui subir segurando a criança. Então a deixei deitada no chão e subi em cima da lona. Depois pedi alguém para me entregar a criança. Uma mulher pegou a criança e me entregou. Sentei lá no fundo, encostado na boléia, pois estava com medo de cair. As pessoas foram chegando e sentando por todo lado. Nisto vi passar um policial. Ele olhou para a gente, mas seguiu andando. Fiquei pensando que transportar gente daquele jeito, era proibido, mas o policial nada fez. Então imaginei que ali quem deveria “mandar”, era algum “coronel” (fazendeiro) da região.