Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 21, 2008

CHUTANDO FILHOTE NA PAREDE

Estava num cômodo, que seria uma sala, onde por falta de luz, não era iluminada há muito tempo. Nisto a luz voltou e então eu pude ver um montão de formigas reunidas em volta de alguma coisa. Eu corri para pisar em cima delas, mas elas eram rápidas demais. Elas se deslocavam juntinhas, como fazem um cardume de peixes no mar. Eu corria atrás, mas não conseguia pisar nelas. Nisto elas entraram por baixo de uma porta e sumiram. Depois eu vi num canto, uma  formiga. Então pensei que teria que dedetizar o cômodo que deveria estar infestado de insetos. Quanto fui pisar na formiga, ela também saiu em disparada e eu não conseguia acertá-la. Quanto ela ficou num canto da sala, eu fui pisar nela, ela pulou como pulga, e foi para numa parede alta que tinha ali. Nesta parede havia muitos filhotes de formiga, bem pequenos que tinha o formato de pulga. Esta formiga então chegava perto dos filhotes e dava um chute neles, mandando os mesmo para o alto da parede, para que eu não pudesse matá-los. Ela …