Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 31, 2008

ESTRADINHA BRANCA

Eu estava num local, que não sei onde era. O chão estava todo branco, como se fosse neve, mas não era neve. Não havia ruas, havia estradinhas bem estreitas, todas brancas e compridas. Eu seguia por uma destas estradinhas até que cheguei num local, que parecia o porão, destes comuns em casas Américanas. Mas só existia o porão. Eu procurava por algo que deveria estar lá dentro. Eu chamei umas três vezes, ninguém respondeu. Então segui adiante. Nisto percebi que um bicho me seguia. Não sei que bicho era. Sai correndo.